Gênesis 25.19-34

ESAÚ E JACÓ | 

O perfil dos dois irmãos gêmeos é apresentado claramente. Há diferenças óbvias de temperamento e visão de mundo. E essas diferenças acabam se aprofundando e abrindo lacunas irreconciliáveis.

A narrativa da venda da primogenitura é o grande primeiro desgaste no relacionamento entre ambos. Depois da fome saciada, Esaú — o mais impulsivo — repensa sua escolha (preferindo o prato de lentilhas em troca da primogenitura) e a maneira como Jacó — o mais sagaz e ardiloso — soube tirar proveito da sua impetuosidade.

Quantas primogenituras já temos trocado, em função da nossa precipitação ou para obter algum prazer momentâneo, por efêmeros e transitórios pratos de lentilhas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima