Êxodo 40.1-38

ERGUENDO O TABERNÁCULO | 

As orientações sobre o tabernáculo já tinham sido dadas a Moisés e ao povo. Passaram, então, dos planos à ação. E o tabernáculo — ou a tenda da revelação — foi erguido no deserto para simbolizar a presença de Deus junto aos hebreus libertados do cativeiro.

A tenda seria recolhida e novamente erguida a cada nova etapa da travessia pelo deserto. Nela seriam oferecidos os sacrifícios. E nela, também, na área chamada de lugar santíssimo, o sumo sacerdote entraria, uma vez ao ano, para realizar o sacrifício da expiação geral.

A rigor, o tabernáculo antecipava o que viria a ser o templo de Jerusalém no reinado de Salomão, já com a terra prometida devidamente ocupada pelos hebreus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima